Como identificar “Fake News” nas redes sociais?

Você sabe como fazer para identificar uma notícia falsa na internet? No artigo de hoje, faremos o possível para ensiná-lo e não cair em notícias virais, que não passam de uma grande farsa.

Um estudo feito pela BBC com mais de 16 mil internautas em 18 países em todo o mundo, mostrou que o Brasil é o país mais atingido e que mais tem se preocupado em descobrir se uma notícia é falsa ou verdadeira. Acredite se quiser: entre todos os entrevistados, 92% afirmaram sentir receio ao lerem qualquer notícia, com o medo de serem enganados.  Fonte: BBC

Aqui na Pocket, estamos constantemente fazendo pesquisas a respeito de muitas notícias que viralizam na internet, para certificarmos sua veracidade, e assim, a transmitirmos aos nossos clientes e seguidores. Afinal, como criadores de conteúdo, precisamos compreender a responsabilidade que temos no universo digital. E compreendermos também que, um deslize é o suficiente para gerarmos um impacto em massa. Então, todo cuidado, é pouco!

E você? Já se questionou sobre uma notícia ser falsa ou verdadeira? Você já “caiu” em uma Fake New?


A  International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA), (que em resumo, é uma organização de nível global, que tem como objetivo: representar os interesses dos serviços e informações de usuários em mais de 140 países em todo o mundo) divulgou oito dicas para que usuários comuns e até mesmo profissionais da internet, consigam identificar se uma notícia é falsa ou verdadeira. Além de protegê-los, a instituição acredita que com isso, pode defender também o pensamento crítico dos usuários, considerando sempre uma habilidade mínima (porém necessária) para navegação na internet. Otimizamos as os oito passos em um infográfico bem especial. Esperamos que gostem:

pocket agency - COMO IDENTIFICAR FAKE NEWS
Lembrando que: Nós apenas fizemos a tradução. Os 8 passos foram definidos pela International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA).

Agora, anote aí as Dicas da Pocket:

  1. Não tenha preguiça de certificar-se sobre uma notícia. Se surgir o questionamento, não hesite! Pesquise, busque fontes confiáveis e faça tudo como deve ser feito.
  2. Sua atitude não pensada, pode gerar um impacto negativo tanto para você, quanto à sua marca, seus seguidores e a todas as pessoas que -de alguma forma- se conectam a você.
  3. Guarde em sua memória que, toda empresa de nível global, tem uma responsabilidade global. Ou seja: todo e qualquer conteúdo realmente importante, alteração em políticas, algoritmos, layout, ou até mesmo informações sobre troca de membresia (equipe) são divulgados em notas oficiais para mídias com bastante credibilidade. Ou são divulgados pelas mídias da própria marca.

Se esse artigo foi importante a você, deixe-nos o seu feedback. E caso conheça alguém que “vive caindo” em notícias falsas, envie para essa pessoa (assim mesmo, como quem não quer nada). Com certeza, será de grande valia a essa pessoa e à Pocket.

Me chamo Lira. Sou redatora, criadora de conteúdo, terapeuta e CEO fundadora da Pocket Agency. Podemos conversar no Instagram, Facebook, Youtube, ou até mesmo em meu e-mail: pontodalira@gmail.com

Gratidão por me ler.
Gratidão por nos acompanhar.
UBUNTU! “Eu sou porque nós somos”

Assinatura - Pocket Agency

Anúncios